Categorias
Memória

Democracia universitária em questão

Confira, na reportagem produzida pela equipe da Webtv da UFRJ, a reconstituição dos momentos de debate na universidade e a análise de representantes de professores, estudantes e funcionários sobre a democracia universitária.

18 de outubro 2007. Auditório do Centro de Tecnologia (CT). Nessa data e nesse local ocorreu uma das sessões do Conselho Universitário mais importantes dos últimos anos, por duas razões.  Naquele dia, o colegiado superior da UFRJ aprovou a participação da universidade no Reuni – Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais. Mas também foi palco de lamentável manifestação de setores radicalizados do movimento estudantil, sem precedentes na história recente da instituição.

Naquele ato e em seus desdobramentos – que incluíram ocupação de espaços internos da reitoria e uma escalada crescente de manifestações que, por diversas vezes, impediram a realização das reuniões do Consuni – havia um imbróglio de interesses e razões nem sempre claros para o conjunto da comunidade. Da disputa eleitoral entre grupos e correntes pela direção do DCE até uma ação nacional de setores estudantis de oposição às políticas do governo Lula, especialmente às propostas pelo MEC para a educação superior, tem resultado distorções e equívocos que preocupam.

Os enfrentamentos desmedidos e os gestos repetidos de ruptura com as estruturas e processos institucionais protagonizados por essas correntes do movimento estudantil, ao mesmo tempo em que mobilizaram dirigentes e colegiados – que criticaram essas ações –, puseram em pauta o debate sobre a democracia na universidade.

Confira, na reportagem produzida pela equipe da Webtv da UFRJ, a reconstituição desses momentos e a análise de representantes de professores, estudantes e funcionários no Consuni.