Categorias
Memória

Universidade recebe super computador

O Núcleo de Computação Eletrônica (NCE) da UFRJ promove amanhã, dia 17 de abril, às 14h, o Fórum de Computação de Alto Desempenho que se realiza no Auditório no Maria Irene Mello do prédio do Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza (CCMN), Av. Athos da Silveira Ramos, 274, Cidade Universitária, Fundão. No evento, será lançado o Cluster Netuno, um sistema conjunto computacional para processamento pesado que o NCE recebeu da  empresa DELL. 

O Núcleo de Computação Eletrônica (NCE) da UFRJ promove amanhã, dia 17 de abril, às 14h, o Fórum de Computação de Alto Desempenho que se realiza no Auditório no Maria Irene Mello do prédio do Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza (CCMN), Av. Athos da Silveira Ramos, 274, Cidade Universitária, Fundão. No evento, será lançado o Cluster Netuno, um sistema conjunto computacional para processamento pesado que o NCE recebeu da  empresa DELL. 

A Dell é a maior empresa de distribuição de computadores nos Estados Unidos e desde 1999 atua com fábricas em solo brasileiro desenvolvendo softwares e hardwares, além de  prestação de assistência técnica a outras empresa.

O cluster será usado para aplicações em Geofísica do Petróleo e Oceânica, tanto pela UFRJ  como por outros  centros de  pesquisa e  universidades do  país. O projeto foi elaborado por uma equipe do NCE e da Coppe Oceânica juntamente com grupos de pesquisa da Petrobras. O custo do equipamento, de cerca de R$ 5,2 milhões, foi financiado pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) a partir de recursos decorrentes da legislação que destina um percentual do lucro da Petrobras para  investimento em pesquisa.

A programação do Fórum também inclui as palestras: Tendência no Mercado HPCC, com Marcus Santos (DELL Brasil); Soluções Cisco Para Cluster de Alto Desempenho, com Carlos Pereira (Cisco/Brasil); Em Busca de Netuno, com Antonio Fonte (CIMCORP); O Sistema de Processamento Paralelo Netuno, com Gabriel Pereira da Silva (UFRJ) e A Contribuição da Petrobras para o Desenvolvimento da Computação de Alto Desempenho no Brasil, com Ricardo de Bragança (CENPES/Petrobras).