Categorias
Memória

Reuni: Lula recebe reitores

Nesta quinta-feira, 13 de março, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebe o professor Aloísio Teixeira e reitores das demais 52 universidades federais que aderiram ao Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni).

Nesta quinta-feira, 13 de março, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebe o professor Aloísio Teixeira e reitores das demais 52 universidades federais que aderiram ao Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni). Seguindo diretrizes do programa, o governo planeja investir R$ 2 bilhões para que as instituições promovam melhorias de infra-estrutura, abram cursos e novas vagas, promovam o acesso e a permanência dos alunos e a qualidade do ensino.

Tal investimento visa atender a cinco objetivos traçados pelo Ministério da Educação (MEC): aumentar o número de vagas no ensino superior federal, ampliar ou abrir cursos noturnos, reduzir o custo por estudante, flexibilizar os currículos e combater a evasão escolar.

Como contrapartida – para receberem tamanho aporte de recursos – as instituições se comprometem a elevar para 90% a taxa de estudantes concluintes nos cursos presenciais de graduação e aumentar para 18 o número de discentes por professor, relação essa que, atualmente, é de doze por um.

O plano de trabalho proposto pela UFRJ prevê a criação de 36 novos cursos de graduação, chegando a um total de 104, quinze deles noturnos e a expansão do número de vagas para estudantes de 6.625 para 9.965. Para que as ambiciosas metas sejam atingidas, o MEC investirá R$195,7 milhões na UFRJ, ao longo dos próximos cinco anos.

Baseado em informações de César Augusto, da Assessoria de Comunicação Social do MEC.