Categorias
Memória

Petrobras lança prêmio para universitários

Os estudantes de graduação, mestrado ou doutorado da universidade e de qualquer Instituição de Ensino Superior (IES) nacional têm até 30 de junho para inscrever seus trabalhos no Prêmio Petrobras de Tecnologia. Requisitos para concorrer: acreditar no talento individual, ter gosto pelo desafio e, principalmente, transformar a idéia em projeto inovador.

Os estudantes de graduação, mestrado ou doutorado da universidade e de qualquer Instituição de Ensino Superior (IES) nacional têm até 30 de junho para inscrever seus trabalhos no Prêmio Petrobras de Tecnologia. Requisitos para concorrer: acreditar no talento individual, ter gosto pelo desafio e, principalmente, transformar a idéia em projeto inovador.

Os trabalhos devem ser inscritos diretamente pelos autores. Os vencedores receberão R$ 20 mil reais na categoria doutorado, R$ 15 mil na categoria mestrado e R$ 10 mil na categoria graduação, além de uma bolsa de estudos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para elaboração de tese de mestrado, doutorado ou pós-doutorado em IES nacionais, de acordo com sua formação acadêmica. Os professores orientadores dos trabalhos premiados de todos os temas/categorias recebem a mesma quantia bruta que o prêmio recebido pelo aluno, como taxa de bancada.

Veja os temas

Tecnologia de Exploração: Trabalhos que contribuam para a evolução do conhecimento na busca de acumulações de óleo e gás e o desenvolvimento de novos materiais e equipamentos.

Tecnologia de Perfuração e de Produção: Trabalhos que contribuam para viabilizar a perfuração de poços de petróleo, a produção de petróleo em águas profundas e ultraprofundas, assegurar a rentabilidade da produção em áreas terrestres e águas rasas, que contribuam para aumentar o fator de recuperação de hidrocarbonetos dos reservatórios e no desenvolvimento de novos materiais e equipamentos de produção.

Tecnologia de Refino e de Petroquímica: Trabalhos que contribuam para a excelência do refino e petroquímica, com ênfase no processamento de óleos pesados, na integração da petroquímica ao refino, no aumento da confiabilidade operacional e no desenvolvimento de novos materiais e equipamentos de refino e petroquímica.

Tecnologia de Logística e de Transporte de Petróleo, Gás e Derivados: Trabalhos que contribuam para aumentar a excelência operacional, a logística e a confiabilidade do armazenamento e transporte de petróleo, derivados e gás natural e no desenvolvimento de novos materiais e equipamentos de transporte de petróleo e derivados.

Tecnologia de Produtos: Trabalhos que contribuam para o desenvolvimento de novos produtos, antecipando o perfil de demanda e elevando o padrão de qualidade dos produtos para o mercado.

Tecnologia de Gás: Trabalhos que contribuam para a ampliação da utilização do gás natural na matriz energética brasileira e desenvolvimento de novos materiais e equipamentos correlatos.

Tecnologia de Energia: Trabalhos que contribuam para o uso racional das fontes energéticas existentes ou para o desenvolvimento de fontes renováveis alternativas de energia e o desenvolvimento de novos materiais e equipamentos correlatos.

Tecnologia de Segurança e Desempenho Operacional: Trabalhos que contribuam para aumentar a segurança e o desempenho operacional incluindo o desenvolvimento de novos materiais e equipamentos correlatos.

Tecnologia de Preservação Ambiental: Trabalhos que contribuam para aumentar a proteção ao meio ambiente incluindo o desenvolvimento de novos materiais e equipamentos correlatos.

Clique aqui e confira o regulamento