Categorias
Memória

Nota de falecimento – Mestre Oscaranha

Gilberto Oscaranha, Mestre de Capoeira e professor da Escola de Educação Física, faleceu hoje. Seu corpo está sendo velado na capela Santo Cristo e o sepultamento acontecerá hoje, às 16h, no cemitério de Irajá.

 Gilberto Oscaranha, Mestre de Capoeira e professor da Escola de Educação Física e Desportos (EEFD), faleceu na madrugada de hoje, dia 29 de janeiro. Seu corpo está sendo velado na capela Santo Cristo, na Estrada da Paz, 1626, Alto da Boa Vista. O sepultamento acontecerá hoje, às 16h, no cemitério de Irajá, localizado na Praça Nossa Senhora da Apresentação, em Irajá.
 
Mestre Oscaranha foi um grande incentivador da inclusão da Capoeira nas atividades acadêmicas, sendo o primeiro professor universitário de Capoeira do Brasil. Criou o Acervo Cultural de Capoeira Arthur Emídio de Oliveira (ACCAEO), considerado, por ele, “um pólo de resistência cultural dentro da universidade”. O Acervo recebe doações de livros da cultura afro-brasileira, didáticos, teses de mestrado e monografias de alunos, professores, acadêmicos e federações interessados em contribuir com o projeto cultural. Além disso, Mestre Oscaranha, através do funcionamento do ACCAEO, organizou oito festivais de Capoeira na EEFD. O último aconteceu em julho de 2006 e recebeu 1500 pessoas em suas quatro horas de realização.
 

Joel Pires, amigo do Mestre e aluno da EEFD, acredita que, “quando um Mestre morre, a Capoeira não perde um guerreiro, e sim, ganha mais adeptos e cultuadores de seus ritos, fundamentos e segredos”. Assim, os que apóiam o Acervo esperam que, mesmo com a morte de seu idealizador, novos adeptos ajudem a manter o patrimônio cultural e acadêmico que é o Acervo.